segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

BROWNIE FUNCIONAL SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE ( e dá para ser feliz sem sofrimento!!!)

BROWNIE FUNCIONAL SEM GLÚTEN E SEM LACTOSE Tempo de preparo: 50 minutos Rendimento: 12 porções Ingredientes 3 ovos 1 xícara (chá) de açúcar demerara em pó ½ xícara (chá) de óleo de girassol ¾ de xícara (chá) de biomassa de banana verde ¾ de xícara (chá) de fécula de batata 150g de chocolate 70% derretido 1 pitada de sal 1 colher (café) de extrato de baunilha 1 colher (chá) de fermento químico Modo de preparo: Bata no liquidificador todos os ingredientes líquidos. Em seguida, adicione os demais ingredientes, sendo o fermento por último, e bata rapidamente. Coloque lascas de castanha-do-Pará por cima e deixe assar em forno preaquecido a 170ºC por aproximadamente 35 minutos. Como fazer a biomassa de banana verde: Ingredientes: 6 bananas verdes com cascas e lavadas Modo de preparo: Em uma panela de pressão, com água fervendo, coloque as bananas com casca na água totalmente submersas e cozinhe. Quando começar a pressão, deixe por mais 8 minutos. Desligue o fogo mas deixe que a pressão continue cozinhando as bananas. Espere o vapor escapar naturalmente, o que leva cerca de 15 minutos. Mantendo ainda as bananas na água quente, retire a casca desprezando as pontinhas de cada lado da banana e coloque as polpas em um processador de alimentos. Bata até obter uma massa homogênea. Coloque em forminhas de gelo e leve ao congelador. Crédito: Chef Marcelo Facini, do Restaurante e Rotisserie Dona Carmela

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA: Dietas da moda têm pouco efeito na perda de peso

É fato científico comprovado (veja a referência bibliográfica internacional, publicada em revista científica abaixo). Dietas restritivas sem o acompanhamento de nutricionista NÃO TEM EFEITO A LONGO PRAZO!!! São muitas, cada ano uma nova aparece, mas todas são em geral restritivas, então se quiser qualidade de vida e manter o seu peso APRENDA A COMER DE FORMA CORRETA. PROCURE DRA. VANESSA VASCONCELOS NUTRICIONISTA. “Os nossos resultados sugerem que quatro dietas populares são modestamente eficazes na diminuição do peso em curto prazo, mas esses benefícios não são sustentados a longo prazo”, concluem os autores de um estudo que avaliou a eficácia de dietas populares comerciais na perda de peso. Trata-se de uma revisão sistemática que procurou nas bases de dados Medline, Embase e a Biblioteca Cochrane de Ensaios Clínicos, estudos clínicos randomizados que avaliaram os efeitos de quatro dietas sobre a perda de peso e fatores de risco cardiovasculares. Foram selecionados 26 artigos com um período de acompanhamento maior que 4 semanas. As dietas avaliadas foram a Atkins, South Beach, Dieta da Zona e Vigilantes do peso e foram comparadas com os resultados obtidos através da adoção de cuidados normais com a saúde, como cortar a ingestão de gordura, ser acompanhado por nutricionistas, mudar os hábitos alimentares e praticar mais exercícios físicos. De acordo com os resultados, a mais consistente foi a dieta do Vigilantes do Peso. Após 12 meses, os que a fizeram perderam entre 3,5 kg e 5,99 kg, porém, depois de 24 meses o peso perdido foi parcialmente recuperado. Já as pessoas que mudaram os hábitos perderam entre 800 g e 5,4 kg e se mantiveram assim. Os resultados das comparações entre a dieta de Atkins e as mudanças de hábitos foram inconsistentes. Já a comparação entre as mudanças de hábitos e a dieta de South Beach e dieta da zona não revelou diferença de peso durante 12 meses. As análises comparando as diferenças entre as dietas de Atkins, Vigilantes do Peso e dieta da zona não demonstraram melhores índices de colesterol, pressão arterial e glicemia. "Uma intervenção mais ampla no estilo de vida, que também envolva médicos e outros profissionais de saúde pode ser mais eficaz. E isso também transmite aos profissionais a mensagem de que as dietas populares, sozinhas, podem não ser a solução para ajudar os pacientes a perder peso", afirmam os autores. Referência(s) Atallah R, Filion KB, Wakil SM, Genest J, Joseph L, Poirier P, et al. Long-Term Effects of 4 Popular Diets on Weight Loss and Cardiovascular Risk Factors: A Systematic Review of Randomized Controlled Trials. Circ Cardiovasc Qual Outcomes, 2014 Autor(a): Alweyd Tesser disponível em: http://www.nutritotal.com.br/notas_noticias/index.php?acao=bu&id=684

domingo, 23 de novembro de 2014

Dicas internacionais importantes para melhorar a função imune e a microbiota intestinal


Eu estava lendo alguns artigos de revistas internacionais para o meu doutorado e  uma revista internacional de farmacologia de um pesquisador da universidade de Londres Stig Bengmark em um artigo publicado ano passado em 2013 intitulado “Gut microbiota, immune development and function” que traduzindo quer dizer: Desenvolvimento e função imune da microbiota intestinal, me chamou atenção. Sendo o intestino um órgão que absorve e distribui os nutrientes para o nosso organismo, se não comermos corretamente, afetamos nossa saúde. Como estou pesquisando leio muitos artigos e pesquisas internacionais e esta lista me chamou atenção. Por também participar entre 3 a 4 congressos por ano, percebi que algumas destas dicas já foram recomendadas aos meus pacientes do consultório e para eles já não é novidade. Veja 6 dicas importantes: 1)Minimizar o consumo de alimentos insulinogênicos (que possuem muito carboidratos refinados) como: cereais, pão, biscoitos, arroz, macarrão, tubérculos como batatas alimentos, os quais são absorvidos no alto intestino delgado e de benefício mínimo a saúde do seu intestino. PREFIRA SEMPRE OS INTEGRAIS. Ou no caso dos tubérculos consuma sempre com outros folhosos; 2)Evite o excesso de açúcar; 3)Minimize o consumo de produtos lácteos, especialmente manteiga, queijo e leite em pó, ricos em gorduras saturadas, hormônios (prefira os leites desnatados e margarina), evite também carnes gordas e processadas como salames, bacon, salsicha. Alimentos processados são prejudiciais à saúde do intestino; 4)Aumente drasticamente a ingestão de verduras frescos e crus, especiarias e legumes frescos, ricos em antioxidantes, fibras, minerais e nutrientes, mas também fatores controladores inflamação tal como a cúrcuma (ou o açafrão um excelente tempero) que ajuda também na imunidade; 5)Evite o consumo de alimentos que são aquecidos a temperaturas superiores a 100C ou seja principalmente frituras e outros alimentos que liberam substâncias pró inflamatórias ou cancerígenas; 6)Busque e consumir alimentos antioxidantes, com alto teor fibras, baixo teor calórico que contenham grãos, como trigo, amaranto, chia, tremoço, milho, quinoa, sorgo, etc., e também aumentar a ingestão de feijão, ervilha, grão de bico, lentilhas, nozes e amêndoas - todos extraordinárias fontes de  nutrientes e minerais. Para finalizar não se esqueça de atividade física sempre e regular, bom sono e harmonia espiritual e alimentar. Assim corpo e mente estarão em estado de saúde. Na dúvida procure Dra. Vanessa Nutricionista para uma orientação alimentar individualizada de acordo com suas necessidades.


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

16 de outubro Dia Mundial da Alimentação: Como anda a sua alimentação?

São regras fáceis: beber bastante água, principalmente idosos e crianças que possuem mais chance de desidratação, consumir frutas, legumes e verduras (e ter um prato colorido), praticar atividade física orientada (constantemente), comer peixe uma vez na semana e carnes magras, evitar doces, frituras, refrigerantes, lanches do tipo fast food, evitar líquido durante as refeições...São algumas recomendações básicas, mas precisamos ver a individualidade de cada um, como sexo, idade, rotina diária para particularidades. Mas todo ano se comemora o dia Mundial da Alimentação, e podemos nos perguntar como anda a saúde do brasileiro. Desta lista de recomendações o que você está deixando de fazer ou o que está fazendo em excesso  e prejudicando a sua saúde? Pois cada vez mais encontramos crianças obesas e já diabéticas com idades de 8 a 10 anos, a obesidade infantil vem crescendo também com o excesso de fórmulas infantis oferecidas às crianças e mães que não querem amamentar até os dois anos de idade. Isso mesmo, o leite protege a criança, melhora sua imunidade e ainda existem mães que evitam. O mal tem que ser cortado pela raiz. Pois se as crianças estão assim a culpa é dos pais que não oferecem alimentos saudáveis e que não dão exemplo. Muitos adolescentes estão usando suplementos e chegam ao meu consultório usando porque acharam interessante e nem ao menos fazem exame de sangue antes para saber se necessitam, e nem ao menos foram a algum profissional nutricionista para saber se podem usar e se há necessidade! Temos que cuidar mais da nossa alimentação, nos preocuparmos com nossos filhos, perder tempo na cozinha para ganhar mais saúde em tempos vindouros! Sem falar do estresse, das preocupações e das emoções variadas ao longo do dia em que podemos “esquecer de comer” ou comer em excesso. O estudo das emoções é o temo principal do meu doutorado, e sem falar da prática em florais e aromaterapia onde vejo cada vez mais pacientes com ansiedade, compulsão melhorando seu estado devido a estas terapias. Procure Dra. Vanessa nutricionista e garanta uma vida melhor e mais longa; com qualidade de vida para você e sua família. Faça já o seu Plano Alimentar individualizado e conquiste uma alimentação prazerosa no seu dia a dia!

          Acesse: www.vanessavasconcelos.com.br e veja os tratamentos!

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

COZINHA PRÁTICA: JAMBALAYA UM PRATO ÚNICO






A origem do nome é incerta. Acredita-se que o nome veio da palavra espanhola para presunto, “jamón”, um ingrediente principal nas jambalayas da primeira metade do século XVIII. O nome foi criado quando um hóspede em Nova Orleans ficou hospedado e não encontrou nada para comer. Então o proprietário Jean Balyez pediu ao cozinheiro que misturasse algumas coisas. Na verdade é o nosso habitual “mexidinho caseiro”. Onde além do presunto podemos adicionar carne, frango ou peixe. Então vamos a uma receita de Jambalaya de Peixe com Legumes: Ingredientes: 3 xícaras de arroz,

500g de filé de pescada, 1 xícara de abobrinha, 1 xícara de cenoura, 1 xícara de milho, 1 cebola grande, alho e sal a gosto, 1 pacote de molho de tomate, 1 maço de salsinha, orégano a gosto, azeite. Modo de preparo: Cozinhe o arroz e reserve. Em outra panela, coloque o azeite, refogue a cebola, o alho e sal a gosto, e coloque os filés de peixe para cozinhar. Em outra panela adiante o cozimento dos legumes. Quanto tudo estiver pronto, pegue a panela do peixe (que já deve estar pronto – use uma panela maior, pois é nela que você irá misturar tudo): adicione os legumes cozidos e o arroz, por último o molho de tomate e a salsinha. Deixe dar fervura para apurar o sabor, adicione orégano. Depois despeje em um refratário e adicione azeite a gosto por cima. Para servir é um prato único, saboroso já possui arroz, legumes e peixe, com muitas vitaminas. Além de ser nutritivo e prático você pode servir juntamente com uma salada crua para acompanhar. Agora é só degustar! Bom apetite! Se você não sabe cozinhar e que dicas de cursos veja no site www.vanessavasconcelos.com.br, Dra. Vanessa Vasconcelos nutricionista da Gostare: Nutrição, Consultoria & Equilíbrio, realiza cursos. Monte seu grupo e aproveite! Adicione o faceboock da Gostare e fique por dentro de novidades!!!


terça-feira, 2 de setembro de 2014

Emoções desequilibradas e o aparecimento de doenças.




Raiva, pessimismo, falta de perdão, pensamentos negativos entre outras emoções  como alegria, desejar o bem, pensamentos positivos. As primeiras emoções negativas atraem doenças, e as positivas fazem o organismo mais forte e saudável, trazendo equilíbrio emocional e afastando doenças. Atualmente em meu doutorado na UFRJ estudo emoções e o consumo alimentar. Estive no final do mês de agosto recentemente em São Paulo com pesquisadores, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas e outros profissionais da saúde para discutir sobre o desequilíbrio emocional e o agravo de várias doenças. É nítido o resultado: pessoas que se alimentam bem, possuem atividade física regular, frequentam alguma religião e fazem o bem (sem ter pensamentos negativos, ou alguma raiva guardada) possuem melhor estado de saúde do que outros. Alguns casos de câncer ou doenças de pele são casos da falta de imunidade ou em “grosso modo falando:”É seu próprio organismo atacando a você mesmo”. Emoções negativas geram um desequilíbrio hormonal. Além dos vários problemas emocionais aliados a distúrbios alimentares como a obesidade, anorexia, bulimia entre outros. Existem vários estudos vindos de Havard entre outras universidades de várias partes do mundo. E também o uso de terapias alternativas como florais, yoga entre outras com efeitos muito positivos. Pois os florais é uma excelente alternativa para ajudar a  cuidar destes desequilíbrios. Procure Dra Vanessa Vasconcelos nutricionista para uma consulta. Pois além de nutricionista  sou também terapeuta floral. Além de possuir 2 especializações, mestrado e cursando doutorado. Escolha profissionais qualificados. Não deixe para depois. Cuide-se! Agora atendendo em um ambiente para você se sentir bem: GOSTARE: NUTRIÇÃO, CONSULTORIA & EQULÍBRIO. Consultas somente com hora marcada, no Centro de Barra Mansa-RJ.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Alguns alimentos que poderiam fazer o bem à saúde mas ENGORDAM




O número um é o abacate, contém muitas substâncias que fazem bem, como compostos antioxidantes, é capaz de equilibrar as taxas de colesterol, mas deve ser consumido com moderação, pois é muito calórico e possui em uma xícara (mais ou menos 120g de fruta picada 11g de gordura). Outro campeão em gordura é o coco ralado. Em uma colher de sopa encontramos 6g de gordura. Por isso nos quitutes e sobremesas evite seu excesso. O coco maduro possui ainda mais gordura. Sua água retirada dos cocos verdes é melhor que o coco ralado, pois é um isotônico natural, ideal para a saúde repõe minerais perdidos para quem faz atividade física, é rico em potássio, (mas os hipertensos e pessoas com problemas renais que tem que ter cuidado com o consumo, não sendo indicado dependendo do caso). O sorvete, muito consumido no verão possui cálcio, mas se pode  consumir o cálcio no leite e outras fontes mais magras. Pois uma bola de sorvete possui 9,8g de gordura e a casquinha do sorvete leva manteiga no preparo ficando ainda mais “gordurosa” e mais calórica. Já o açaí outro alimento muito consumido no verão em 1 xícara de chá ou mais ou menos 120g  possui 4,4g de gordura. É indiscutível suas propriedades benéficas como antioxidante (que previne o envelhecimento) e possui muita vitamina C, mas o seu consumo também deve ser com moderação. Outro alimento com bastante gordura é a azeitona, muito servida em petiscos, em uma unidade grande de 10g encontramos 2g de gordura. Não é atoa que se faz o azeite dela que é rico em vitamina E, também antioxidante além de ser uma gordura vegetal menos prejudicial do que a manteiga, por exemplo, que é de fonte animal. Deve ser usada com moderação, pois não deixa de ser um alimento calórico. Então para resumir precisamos ter um equilíbrio alimentar. Precisamos comer frutas, legumes, verduras e pouca gordura ou pelo menos em pequena quantidade, pois a grande maioria dos alimentos já possui gordura. Então é sempre bom evitar alimentos com chantilly, frituras, carnes muito gordas para evitar problemas cardíacos e o excesso de peso. Pense nisso, pois o segredo é  comer com moderação.


terça-feira, 15 de julho de 2014

Cinco dicas fundamentais para a prevenção e tratamento da gripe e resfriado e aumento da imunidade




Antioxidantes e Vitamina C
Alimentos antioxidantes são a chave para manter as células saudáveis e o sistema imunológico também. Na categoria de frutas, romã, amoras, açaí e cranberries ajudam a combater os radicais livres que são tóxicos para o corpo, fontes de vitamina C temos laranja, limão, abacaxi, acerola. Já em relação aos vegetais aposte em couve, espinafre, brócolis e cenoura .

Vitamina D
Ela é importante para garantir saúde ao sistema imunológico. Tomar sol ajuda a manter o equilíbrio de vitamina D no organismo. Caso você viva em uma cidade com pouco sol, a ingestão de cápsulas com vitamina é recomendável.

Diminua o açúcar
Evite o açúcar, pois além dele suprimir o sistema imunológico, organismos bacterianos e virais prosperam quando são alimentados pelo alimento. Mantenha os açúcares naturais das frutas e legumes em vez de produtos refinados, incluindo o branco, mascavo, xarope de milho e glicose.

Evite o Estresse 
O estresse mexe com o sistema endócrino evitando que o sistema imunológico funcione de forma otimizada. Todas as pessoas têm estresse, mas é como se lida com ele que faz a diferença a saúde. "Eu sempre recomendo aos meus pacientes uma saída saudável para o estresse, pode ser socando um travesseiro , correndo, fazendo yoga, meditação, entre outros."


Desintoxicação 
Desintoxicar o corpo regularmente ajuda a eliminar as toxinas acumuladas. Os cinco órgãos de desintoxicação principais incluem fígado, rins, pulmões, sistema digestivo e pele. Há nos supermercados. Tenha certeza de escolher um que visa todos os órgãos internos listados acima. Isso garante que as toxinas liberadas de um órgão não se aloje em outro. Procure Dra. Vanessa Vasconcelos Nutricionista www.vanessavasconcelos.com.br e faça um detox para melhorar sua saúde, além de uma boa reeducação alimentar.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Alimentação para cada faixa etária e atividade física para cada faixa etária





Veja a entrevista de Dra. Vanessa Vasconcelos hoje na TV Rio Sul e também de uma professora de educação física falando sobre alimentação e esportes nas diferentes faixas etárias. Click no linck abaixo e confira as dicas dadas na entrevista:

http://g1.globo.com/rj/sul-do-rio-costa-verde/rjtv-1edicao/videos/t/edicoes/v/nutricionista-orienta-alimentacao-adequada-para-cada-faixa-etaria/3470805/



Veja também o texto abaixo com algumas dicas:

É fácil ouvir um nutricionista recomendar frutas, legumes, verduras, fazer atividade física e não esquecer da hidratação: “beba bastante água” , esta é a principal recomendação que deve ser seguida por toda a vida. Mas principalmente em diversos momentos da nossa vida aos vinte, trinta e quarenta anos, temos que dar prioridade a alguns alimentos.  Antes é necessário ter a variedade dos alimentos. Um prato colorido te dará o consumo de várias vitaminas e minerais. Como foi falado o consumo de água que dever ser de pelo menos dois litros por dia é necessário para a hidratação, melhora da função intestinal e também é importante lembrar que nosso corpo possui em nossa composição água e é nela que ocorrem as reações orgânicas. Então vamos lá: AOS VINTE ANOS: Consuma carboidratos complexos (integrais) para dar energia – biscoitos integrais, pão integral, a farinha integral é um pouco mais calórica, mas traz os  benefícios das vitaminas e um boa nutrição para o seu dia, além de saciar e evitar dar picos de glicose no sangue (causando o acúmulo da gordurinha indesejável na cintura). Fontes de ferro também são importantes: vegetais verdes escuros (brócolis, espinafre, couve, carnes sem gordura), principalmente para mulheres por causa da perda de sangue na mestruação. AOS TRINTA: Nesta fase o metabolismo vai caindo. A principal recomendação é praticar atividade física orientada e prepara o organismo para os anos que virão. Pessoas sedentárias acabam engordando. Prefira alimentos light (com menos calorias), evite alimentos gordurosos, prefira saladas, grelhados e frutas: muitas frutas com casca para evitar picos de glicemia e evitar o diabetes. Cuidado com o excesso de produtos industrializados. AOS QUARENTA: Nesta idade temos que nos prepara para evitar osteoporose, usar alimentos ricos em cálcio( iogurtes, queijos magros, leite). Não deixe também de obter orientações individuais e suas particularidades com Dra. Vanessa Vasconcelos nutricionista e tenha uma vida saudável!! Acesse o site www.vanessavasconcelos.com.br e confira os tratamentos!

segunda-feira, 23 de junho de 2014

COMIDA VERDE E AMARELO PARA A COPA!!!

Na copa nada como receber a família e os amigos em casa....Aí vão algumas sugestões que valem a pena: Nos drincks tem a versão brasileira usando álcool ( a boa e velha cachaça) e você pode fazer com suco para as crianças: 

Coquetel Hexadrink
Ingredientes:
- 30 ml cachaça 
- 50 ml licor de melão
- 120 ml suco de manga
Modo de preparo:
Em um copo long drink coloque gelo e o suco de manga. Na coqueteleira bata com gelo a cachaça e o licor, coe devagar para que os ingredientes não se misturem. Decore com um triângulo de manga e uma estrela de carambola.

 Para as crianças  sugiro suco de laranja, limão ou o guaraná.

PASTINHAS: 
Você pode usar 1 pote de iogurte natural integral e ricota batidos no liquidificador. Acrescente depois alho e sal e brinque com diversos sabores diferentes. Para os jogos da copa:
- Pastinha de milho
- Pastinha de azeitona
-Pastinha de salsinha
Decore colocando as pastinhas em pimentões verde e amarelos e decore com bandeirinhas.

SANDUICHES
Você pode usar pão integral ou o pão de forma branco (o integral é mais saudável). Use as pastinhas acima ou acrescente cenoura, ou pepino ralados...

Bom apetite e bons jogos da copa!!!

quinta-feira, 12 de junho de 2014

RECEITAS AFRODISÍACAS PARA O DIA DOS NAMORADOS (E COM ALIMENTOS FUNCIONAIS QUE NÃO ENGORDAM)





Quer apimentar seu relacionamento no Dia dos Namorados? Que tal preparar um jantar maravilhoso com alimentos afrodisíacos  e funcionais? Melhor ainda se essas comidinhas especiais ajudarem a emagrecer! Veja abaixo 5 ingredientes que não podem faltar neste dia:

1. Pimenta. “É um poderoso afrodisíaco que atua como agente excitante”. Ela também ajuda a perder peso, pois é termogênica, ou seja, aumenta o metabolismo e a queima calórica corporal. Que tal preparar um peixe com crosta de pimenta e legumes (veja receita).  Seu amor vai adorar!
2. Semente de abóbora. Esse grãozinho é rico em zinco, mineral que tem papel na formação e maturação dos espermatozoides, na ovulação e na fertilidade. Também é repleto de fibras, que geram saciedade e diminuem a fome, por isso, auxiliam no emagrecimento. Você pode usar essas sementinhas em aperitivos, na salada e até em tortas salgadas.
3. Semente de chia. Ela é fonte de ômega 3, gordura fundamental para a produção de hormônios sexuais. Essa substância também combate o processo inflamatório, que gera a gordura no corpo.  Você pode usá-la no iogurte, em saladas ou na massa de bolos. Veja uma receita de musse.

4. Banana. Essa deliciosa fruta é rica em magnésio, importante por auxiliar na produção de serotonina, atuando na sensação de bem-estar e prazer. Tudo de bom, né? Também é repleta de fibras, que ajudam a diminuir o apetite. Uma boa opção para sobremesa light é esse gostoso muffin de banana e aveia (veja receita).

5. Café. É fonte de cafeína, um potente estimulante que melhora a disposição e desempenho sexual. Assim como a pimenta, também aumenta o metabolismo, por isso, ajuda a emagrecer. É uma excelente opção para fechar o jantar romântico, não acha?
“Mas não basta incluir esses alimentos no cardápio. Para manter a libido em alta, evite o excesso de frituras, doces e carnes, que dificultam a boa digestão e a circulação sanguínea”. Além disso, engordam.

Veja as receitas:





1
Peixe com crosta de pimenta e legumes
Foto: Ormuzd Alves
Preparo: Rápido (até 30 minutos)
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Peixe ou fruto do mar
Calorias: 258 por porção
Ingredientes
.1 kg de filé de peixe (pescada, abadejo ou merluza)
.suco de 1 limão
.3 colheres (sopa) de mix de pimentas picadas grosseiramente
.2 colheres (sopa) de ervas picadas (salsa, manjericão, alecrim)
.4 colheres (sopa) de maionese
.1 colher (sobremesa) de azeite
.2 cenouras cortadas à Juliana (tiras finas)
.1 ramo de alho poró cortado à Juliana (tiras finas)
Modo de preparo
Tempere os filés de peixe com o limão. Reserve. Em uma tigela misture as pimentas, as ervas e a maionese. Cubra os filés com a mistura. Coloque-os em uma assadeira antiaderente, cubra com papel alumínio e leve para assar no forno pré-aquecido a 180ºC durante 20 minutos. Em uma panela, aqueça o azeite, salteie a cenoura e o alho-poró por três minutos. Se necessário, tempere com um pouco de sal. Sirva o peixe acompanhado dos legumes salteados. 
Dica:
Para o mix, use pimenta-do-reino em menor quantidade, pimenta-da-jamaica e pimenta-do-reino branca.



=
Musse de chia:
Foto: Mundo Verde
Tipo de prato: Sobremesa
Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)
Rendimento: 8 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Musse
Calorias: 112 por porção
Ingredientes:
. 3 colheres (sopa) de grãos de chia
. 180 ml de água
. 200 ml de bebida vegetal de arroz
. 3 colheres (sopa) de mel
. 24 g de gelatina sem sabor
. 200 g de ricota fresca
. 1 pacote de gelatina (sabor de preferência) preparada de acordo com as instruções do rótulo
Modo de preparo:
Coloque os grãos de chia para hidratar na água. Aqueça bem a bebida de arroz com o mel e em seguida acrescente a gelatina, mexendo até dissolver. Leve essa mistura ao liquidificador e bata com a ricota. Em uma tigela acrescente a mistura e as sementes de chia hidratadas e mexa bem. Em uma forma de pudim, alterne camadas do creme de chia e da gelatina de sua preferência. Para obter camadas bem distintas, deixe intervalos de 30 minutos na geladeira, entre uma camada e outra.
 



Muffin light de banana e aveia:
Foto: Sheila Oliveira

Preparo: Médio (de 30 a 45 minutos)
Rendimento: 16 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Bolo
Calorias: 122 por porção

Ingredientes

. 3 bananas-nanicas maduras em rodelas
. 1 xícara (chá) de açúcar mascavo
. 1/2 xícara (chá) de leite desnatado
. 2 colher (sopa) de margarina light
. 2 e 1/2 xícara (chá) de farinha de aveia própria para forno e fogão
. 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
. 1 colher (sopa) de fermento em pó
. 1/2 xícara (chá) de uva-passa preta
. 4 claras em neve

Modo de preparo

1. No liquidificador, bata as bananas, o açúcar, o leite e a margarina até formar um creme. Reserve. 

2. À parte, misture as farinhas de aveia e de trigo, o fermento e a uva-passa. Acrescente o creme de banana e mexa bem. 

3. Por último, junte as claras delicadamente. 

4. Coloque a mistura em forminhas próprias para muffin (ou forminhas de empada grande) untadas. 

5. Asse em forno, pré-aquecido, a 180 ºC por 30 minutos ou até dourar.

VEJA SEMPRE AS NOVIDADES EM WWW.VANESSAVASCONCELOS.COM.BR



Fonte: mdemulher.abril.com

quinta-feira, 5 de junho de 2014

NOSO SEGUNDO CÉREBRO

É isso mesmo. Para quem nunca ouviu esta frase, estamos falando do INTESTINO. O intestino delgado mede de seis a nove metros de comprimento e o intestino grosso tem um metro e meio mas é três vezes mais largo. Um dos órgãos mais importantes, pois faz toda a absorção de vitaminas e minerais. E existem algumas pessoas que ainda ficam sem ir ao banheiro por três as vezes quatro dias ou mais, e ainda acham normal. Alguns casos de constipação podem levar ao câncer. Não é normal ficar sem ir ao banheiro, pois com as fezes paradas estamos reabsorvendo tudo de ruim que deveria sair. Veja um relato de uma paciente: “Sou F. M. V. F, 54 anos, sou comerciante, tenho dois filhos e só tenho a agradecer a Dra. Vanessa Vasconcelos nutricionista. Neste relato prefiro não me identificar, pois com a vida corrida e sem tempo para nada achava normal usar laxantes. Depois de um problema sério de hemorroida, resolvi melhorar minha alimentação. Conheci Dra. Vanessa e não largo ela mais, pois a mais de 4 anos faço sempre o acompanhamento com ela. Minha vida mudou. Consegui fazer uma reeducação alimentar, como de tudo, sou feliz hoje. Reaprendi a comer até salada. Não precisei operar pois o fundo emocional melhorou meu quadro de hemorroida, hoje uso florais para ansiedade, faço caminhada e minha alimentação é outra. Vou ao banheiro todos os dias, para quem tinha intestino preguiçoso a mais de 50 anos é tudo de bom!  Obrigada Dra. Vanessa Vasconcelos por  transformar vidas.”

Dra. Vanessa Vasconcelos
Nutricionista
Doutoranda em Ciência de Alimentos
Contato (24) 9.9819-2303
www.vanessavasconcelos.com.br

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Alimentação infantil


Vai malhar? Coma algo antes e procure um nutricionista

(Clique na figura acima para abir maior). O exemplo acima depende da atividade física, biotipo da pessoa. Proure Dra Vanessa Vasconcelos para uma avaliação e um cardápio derecionado. No caso de diabéticos não é interessante o consumo de carboidratos simples como exemplo do primeiro quadro e sim os complexos (como o exemplo do segundo quadro - os integrais). Nunca pratique atividade física sem se alimentar. É sempre importante a hidratação antes, durante e após atividade física.
Acesse WWW.VANESSAVASCONCELOS.COM.BR  e agende uma consulta.

domingo, 27 de abril de 2014

MEDICINA ALTERNATIVA - O que ajuda a melhorar a saúde?

São vários os tratamentos e isso foi matéria da Revista Super Interessante do mês de abril de 2014. Uma velha conhecida é a acupuntura, mas existem várias terapias. Eu formada em Nutrição a mais de 10 anos, me apaixonei por esta área conhecida como terapias alternativas ou medicina alternativa e comecei logo após que me formei a procurar uma especialização nesta área. Fiz e não parei mais. Hoje trabalho com florais, fitoterapia, aromaterapia e ortomolecular. O motivo? Muitos pacientes chegavam ao meu consultório e falavam: Dra. Vanessa eu engordo e não como errado, mas estou com uma ansiedade....Outros relatavam stress, preocupação, angústia, outros estavam passando por uma separação ou situações diversas do dia a dia...Fiz cursos e especialização e após 6 anos trabalhando com estas terapias, foram  inúmeros os relatos de pacientes que mostraram melhora após iniciar um dos tratamentos ou fazer mais de um junto(por exemplo o floral e aromaterapia ou a fitoterapia e a ortomolecular). Claro que há casos que é necessário acompanhamento com psicólogo ou outros profissionais. Mas o nosso corpo possui uma energia vital que quando se desequilibra gera a doença. E no meu caso por ser nutricionista escuto a queixa de ter engordado ou não conseguir comer, ou simplesmente estar com o diabetes alterado ou colesterol nas alturas por causa de problemas emocionais. São várias doenças que possuem fundo emocional ou desequilíbrio energético. Temos que cuidar do corpo e do estado emocional. Os sentimentos quando estão em desequilíbrio geram doenças. Estas terapias hoje são estudadas por diversos profissionais, muitas aceitas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e algumas são até empregadas no SUS. Não possuem efeito colateral, podem ser feitas em qualquer pessoa em qualquer idade. Atualmente inúmeros estudos são divulgados e muitas terapias são estudadas. Neste ano terá até um congresso contando com pesquisadores internacionais que ocorrerá em São Paulo sobre estas terapias. Eu sou uma destas profissionais que foi selecionada e escolhida estar lá  participando. Quando for procurar um terapeuta holístico ou alternativo, veja sempre se ele é qualificado.


DRA. VANESSA ATENDE CONSULTA PARA TRATAMENTOS COM FLORAIS, FITOTERAPIA, AROMATERAPIA E ORTOMOLECULAR. 

Nutricionista, Doutoranda em Ciência de Alimentos, Especialista em Nutrição Clínica: Terapêuticas pelos Alimentos, Fitoterápicos e Suplementação, Terapeuta Floral pela Healingherbs Inglaterra e Aromaterapeuta. 

ACESSE: WWW.VANESSAVASCONCELOS.COM.BR 

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Bolo ou Muffin de Banana Gostosura Diet e Funcional

INGREDIENTES:
2 bananas nanicas bem maduras
1/2 xícara (chá) de óleo de canola ou milho
2 ovos
1 xícara de açúcar mascavo ou 1/2 xícara de mel
1 xícara de farinha de aveia em flocos finos 
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (chá) de fermento em pó
2 colheres de farinha de linhaça 
2 colheres (sopa) de cacau em pó sem açúcar
1 colher (café) de canela em pó
Castanha do Pará (ou outra que preferir) picada

MODO DE FAZER:

Bata no liquidificador os ovos, as bananas, o óleo e o açúcar ou mel.
Coloque a massa numa tigela e adicione os demais ingredientes, mexendo com um fuê.

Leve para assar em forno pré aquecido a 180º em forminhas individuais de muffins ou em forma de bolo untada com margarina e farinha de aveia.

Obs. Pode-se fazer a  farinha de linhaça batendo a linhaça no liquidificador. 

quinta-feira, 10 de abril de 2014

BRIGADEIRO DELÍCIA DE BANANA COM CASCA






Que tal uma receita bem diferente e um pouco menos calórica do que a original? Utilize a banana em preparações como a sugerida abaixo, também a biomassa de banana verde em sucos e também a farinha de banana verde em bolos....hummm fica uma delícia, e você não precisa usar na receita baixo o leite condensado!!!Mas de qualquer forma coma com moderação!!

Ingredientes:
2 unidades de banana
1 xícara de chá de açúcar
2 colheres de sopa de margarina sem sal
2 colheres de sopa de farinha de trigo
1 xícara chá de leite morno desnatado
1 xícara chá de leite em pó desnatado
2 colheres sopa de Achocolatado
Granulado se desejar

Modo de Preparo:
Colocar em uma panela com um pouco de água as cascas da banana, juntamente com o açúcar e deixar cozinhar um pouco. Após, adicionar a banana já amassada à essa mistura e deixar por mais 5 minutos cozinhando. Depois, pegar esta mistura e bater no liquidificador para ficar na consistência pastosa e sem pedaços.
Voltar com a mistura para a panela e acrescentar a margarina.
No leite morno, acrescentar a farinha de trigo, o leite em pó e o achocolatado. Após acrescentar isto à mistura.
Mexer até desprender do fundo da panela (ou no ponto que preferir)
Colocar em um prato e deixar esfriar.
Fazer bolinhas ou colocar em potinhos para servir. Passe-as no chocolate granulado se desejar.


Fonte: LASUPRE/UFRJ (2014)

terça-feira, 8 de abril de 2014

'O Brasil está às vésperas de uma epidemia de câncer'

Em dez anos, o câncer será a primeira causa de morte no Brasil, consequência da detecção tardia da doença, da demora para início do tratamento e da falta de acesso à medicação avançada

No Dia Mundial de Luta Contra o Câncer, celebrado nesta terça (8), a afirmação do oncologista Carlos Barrios é menos para causar pânico – se é que isso é possível – e mais para fazer com que o País responda a um questionamento crucial para o enfrentamento da doença. “A pergunta é: ‘quanto vale a vida com câncer no Brasil’?”, questiona o médico, que é membro do Grupo Brasileiro de Estudos do Câncer de Mama (Gbecam).
BBC
57 mil mulheres devem ser diagnosticadas com câncer de mama no Brasil em 2014
O Relatório Mundial do Câncer 2014, divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que o número de novos casos pule de 14 milhões em 2012 para 22 milhões em 2030. Mais de 70% das mortes pela doença acontecem em países em desenvolvimento, onde a detecção tardia, a demora em iniciar o tratamento e a falta de acesso a medicamentos de última geração explicam boa parte dos óbitos. No Brasil, em dez anos o câncer será a primeira causa de morte – hoje é a segunda, responsável por 15,6% dos óbitos, atrás das doenças cardiovasculares, como infarto e hipertensão.
Se o crescimento da incidência é um fato, o problema é a falta de estrutura para enfrentar essa epidemia, pondera Barrios. “O câncer é uma doença que pode ser curada, pode ser controlada. Nos países desenvolvidos, apesar do aumento da incidência, a morte tem caído. Aqui, crescem as duas coisas”.
Um exemplo típico é o câncer de mama. No Brasil, no ano 2000, a doença matava nove a cada cem mil mulheres. Em 2011, o número subiu para mais 11,9. Um movimento na contramão do mundo desenvolvido, em que a chance de cura para esse tipo de tumor chega a 90%. Por aqui, o porcentual é de cerca de 50%.
“O câncer daqui não é pior do que o de lá. A diferença é de que lá há diagnóstico precoce e acesso rápido a atendimento, o que não acontece por aqui”, afirma Maira Caleffi, mastologista e presidente da Femama, Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama
Quanto vale uma vida?
No Brasil, explica Maira, apesar de desde o ano passado a lei prever que o atendimento a pacientes com câncer deve ser iniciado em até 60 dias após o diagnóstico, o prazo não é cumprido no Sistema Único de Saúde (SUS), que atende a cerca de 75% da população. “No SUS, demoram 180 dias entre a detecção e o início do tratamento do câncer de mama. Imagina o que esses seis meses significam na diminuição da chance de cura.”
Isso sem contar o acesso limitado e atrasado às opções de tratamento, explica Barrios. Em pacientes com câncer de mama com metástase – que tem menor incidência, mas é muito mais agressivo -, há uma medicação específica, a Trastuzumabe, que é curativa. “O potencial remédio foi descoberto em 2005, mas a droga só ficou disponível no SUS em 2012. Nesse período de tempo, entre 5 a 6 mil mulheres morreram por falta de acesso a esse medicamento”, diz o médico.
Nesse período, Barrios afirma, os convênios foram obrigados pelo próprio governo a oferecer o tratamento com a droga, que é cara, mas as pacientes da saúde pública se mantiveram à margem. “É uma discrepância absurda. O médico deve prover prescrições diferenciadas frente a um mesmo diagnóstico para uma paciente do SUS e para uma de saúde suplementar, uma vez que o SUS não fornece o medicamento necessário?”
Sem garantia, resta à mulher procurar a Justiça, como fez Rita de Cássia, de Porto Alegre. Ela descobriu o câncer em 2012, quando tinha 39 anos. Fez a cirurgia de retirada de mama, quimioterapia e radioterapia. No ano passado, foi necessário substituir uma medicação por outra que seria a única eficaz para o seu caso, mas que não fazia parte da lista de medicamentos fornecidos pelo SUS. “Precisei acionar a Justiça, comprovar com muitos laudos e justificativas de que era a única medicação e de que eu não poderia arcar com o custo. Foi muito desgastante porque o procurador achava que era muito caro e eu morreria de qualquer forma.”
Decidir ou não investir no tratamento de Rita e de outras milhares de mulheres em sua situação, afirma o oncologista Carlos Barrios, depende de incluir todas as partes envolvidas no processo - administração pública, sociedade civil, sociedades médicas e indústria farmacêutica - para responder a um único dilema ético: "Quanto vale uma vida? Quanto estamos dispostos a investir para manter viva uma pessoa com câncer?" 
Fonte: http://saude.ig.com.br/minhasaude/2014-04-08/o-brasil-esta-as-vesperas-de-uma-brepidemia-de-cancer.html 

sábado, 29 de março de 2014

Por que o mundo está engordando?


Apesar da cultura voltada para o emagrecimento, a alimentação farta e diversificada, tem levado a população a continuar engordando cada vez mais. A obesidade global dobrou dede 1980 segundo dados da Organização Mundial de Saúde. Há uma resposta simples para responder a este fenômeno: - As pessoas estão consumindo mais calorias do que gastando. Além de estímulos nada bons como compulsão, estresse, poluição e outros fatores que estão bem perto de você e ninguém levam em conta. Tem médico prescrevendo refrigerante como se fosse o melhor alimento do mundo. Tem propaganda incentivando o consumo de fast food que vem com brinde para crianças( E pais que levam seus filhos todos os dias para consumir este tipo de alimento). Tem comida congelada, delivery de tudo. E academias lotadas com pessoas com frascos nas mãos de produtos achando que são a solução do seu problema. PARE!!!Observe seus hábitos. Como está sua alimentação? Você tem praticado atividade física? Você ocupa sua cabeça com bons pensamentos? Ou vivi estressado (pois o stress engorda), a compulsão é a desculpa para os problemas modernos. E a alimentação de produtos in natura (frutas, legumes, verduras), isto é que são realmente os alimentos corretos que estão cada vez sendo menos consumidos. Não adianta passar o dia com café, pão e biscoitos. Leve sua saúde mais a sério, problemas como o diabete infantil têm sido diagnosticado cada vez mais cedo. Pesquisas tem demonstrado que as mães não estão amamentando mais seus filhos  com o leite materno sendo exclusivo  e a introdução de refrigerantes é de 56% em bebês até 1 ano de vida. Estes são sem dúvida futuros obesos e diabéticos. Tenha bom senso, blogueiras, e outros profissionais que ”prescrevem dieta” não sabem nem ao menos o que é cálculo das necessidades diárias de um indivíduo! Procure um nutricionista para te ajudar a fazer um plano alimentar. Pois Hipócrates o Pai da Medicina já dizia: “Que o alimento seja o seu remédio, e que o seu remédio seja o teu alimento”. Procure Dra Vanessa Vasconcelos Nutricionista!

quarta-feira, 12 de março de 2014

COMO DEVE SER MEU PRATO

Comer é bom demais!!!Mas abusar acaba gerando o excesso de peso e obesidade. Um prato colorido com saladas variadas deve constar em metade do que você coloca no seu prato (como mostra a figura). Escolha também carboidratos (arroz, macarrão) na forma integral e evite misturá-los com outros carboidratos como farofa, batata, purê, pirão, inhame, mandioca entre outros. As proteínas (carnes - devem ser magras, sem gordura e de preferência cozidas ou grelhadas). Evite líquido junto das grandes refeições. Tome 1 hora antes ou 1 hora depois. Prefira fruta de sobremesa. E durante o dia inicie com um bom café da manhã, depois faça uma pequena colação (lanchinho no meio da manhã de preferência com fruta), almoce, faça outro lanche a tarde e a noite prefira alimentos leves. Comendo pouco doce (e em porções bem quenas no final de semana, retirando refrigerante e chocolates em excesso, você conseguirá perder peso). O ideal também é além de procurar um profissional nutricionista para adequar seu plano alimentar, fazer atividade física ajuda ainda mais na perda de peso. Curta os prazeres da vida de forma saudável e sem se restringir. Procure um nutricionista para uma reeducação alimentar e saboreie receitas de forma sem culta! Bom apetite!

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

ALIMENTAÇÃO PARA CAIR NA FOLIA



Primeiro passo de todo folião: HIDRATAÇÃO. Beber muita água, água de coco, sucos de frutas e chás naturais gelados como de camomila, erva-doce e hortelã é a recomendação principal para aguentar o tranco. Os mais animadinhos podem apostar ainda em bebidas isotônicas ou repositores hidroeletrolíticos que repõem sódio, potássio e carboidratos no organismo (mas cuidado se você for hipertenso, estas bebidas vem com grandes concentrações de sódio e potássio). Evite líquidos diuréticos como mate e ice tea, que não auxiliam na hidratação adequada do corpo, bem como refrigerantes, que contêm excesso de açúcar e corantes artificiais. Bebidas alcoólicas, principalmente a cerveja, também são grandes vilãs da saúde na folia. Mais do que nunca vale a máxima "beba com moderação". 

Antes de sair de casa para cair na folia, capriche na alimentação. Legumes e verduras, que contêm vitaminas, minerais, água e fibras, devem fazer parte do almoço e do jantar, bem como as frutas (de sobremesa). As massas (ainda mais se forem integrais) também são recomendadas por serem fonte de energia, que por sinal é bastante necessária para pular Carnaval. Mas atenção: nada de molhos gordurosos à base de creme de leite, maionese e queijos amarelos. Os grãos também podem ir para o prato, como o feijão e a ervilha. Para completar, proteínas magras (frango sem pele ou peixe cozidos ou grelhados com pouco óleo). Um boa pedida também são: clara de ovo, queijos brancos e proteína da soja. Evite os pratos gordurosos e pesados, tipo feijoada, carne suína e rabada, uma vez que são de digestão mais lenta. Picolé de fruta ajuda também a refrescar, escolha opções como tangerina, abacaxi, goiaba, manga, etc (cuidado com o sabor de limão que ao sol pode manchar suas mãos). Ou um copo de açaí para dar aquele gás!!

Entre um sambinha e outro, não se esqueça, além de ingerir bastante líquido, de fazer um lanchinho leve(pelo menos de 3 em 3 horas ou em um intervalo não muito maior que 5h, pois isso evita a queda da glicose e da pressão). Boas opções são sanduíche de blanquet de peru com queijo do tipo minas, ricota ou cream cheese no pão integral, frutas (in natura ou desidratadas) e barrinhas de cereal. Agora, é só curtir a folia e vamos com muito samba no pé!!Bom carnaval!!!